Por Rubens Faria

Nosso organismo é formado por uma enorme quantidade de células com funções diferentes e que trabalham de forma organizada.

Em um corpo saudável, elas crescem, se dividem, morrem e são substituídas de maneira controlada, em um processo natural chamado divisão celular. Quando essas células sofrem algum tipo de alteração no DNA, elas podem gerar um tumor que não se multiplica rapidamente e não é capaz de migrar para outros tecidos, o chamado tumor benigno. Ele pode ser absorvido pelo corpo ou ser removido por meio de um processo cirúrgico. Contudo, quando as células passam a se dividir e se reproduzir de forma descontrolada, com crescimento desenfreado, elas resultam em um agrupamento de células que pode causar a origem de uma massa conhecida popularmente como tumor maligno, ou câncer.

Câncer é um termo que abrange mais de 100 diferentes tipos de doenças malignas que têm em comum o crescimento desordenado de células, que podem invadir tecidos adjacentes ou órgãos à distância. Dividindo-se rapidamente, estas células tendem a ser muito agressivas e incontroláveis, determinando a formação de tumores que podem espalhar-se para outras regiões do corpo.

Os diferentes tipos de câncer correspondem aos vários tipos de células do corpo. Quando começam em tecidos epiteliais, como pele ou mucosas, são denominados carcinomas. Se o ponto de partida são os tecidos conjuntivos, como osso, músculo ou cartilagem, são chamados sarcomas.

Outras características que diferenciam os diversos tipos de câncer entre si são a velocidade de multiplicação das células e a capacidade de invadir tecidos e órgãos vizinhos ou distantes, conhecida como metástase.

É importante frisar que, se descoberto no início, tanto os cânceres sólidos, quanto os do sangue, podem ser tratados e não gerar metástases, aumentando, e muito, as chances de cura! São diversos tratamentos, que podem proporcionar uma vida normal e com qualidade ao paciente.

Se você notar algo diferente em seu corpo, não fique na dúvida: procure um médico! 

Fonte: Instituto Nacional de Câncer (Inca)

Deixe uma resposta Cancelar resposta