Por Alan Rosati Brunes, gerontólogo

A comemoração do Dia Nacional do Idoso (1/10) nos lembra do desafio em aumentar a visibilidade do principal assunto do momento: como manteremos os idosos a salvo no futuro?

O processo de inversão da Pirâmide Etária ocorre em todo o mundo e a perspectiva é preocupante, pois o número crescente de idosos afetará a previdência social, a força de trabalho e os sistemas de saúde como um todo.

Políticas públicas existem (Estatuto do Idoso, Pacto com a Vida, SUS, Farmácia Popular etc.), mas funcionam apenas como medidas paliativas, pois a mudança pode realmente ocorrer quando atingirmos a educação de base. O conceito de Gerontologia, ou seja, a visão do idoso de forma global, nos âmbitos social, físico e comportamental, precisa alcançar a base educacional e seguir enraizada nos profissionais do futuro.

Se conseguirmos conscientizar a base da pirâmide etária sobre importância do idoso na sociedade, teremos um futuro mais seguro e planejado para todos.

Deixe uma resposta Cancelar resposta